Frases e Versos!!!

Sou o que quero ser, porque possuo apenas uma vida
e nela só tenho uma chance de fazer o que quero.
Tenho felicidade o bastante para fazê-la doce,
dificuldades para fazê-la forte, tristeza para fazê-la humana e
esperança suficiente para fazê-la feliz.
Você só terá sucesso na vida quando perdoar os erros e as decepções do passado.
A vida é curta, mas as emoções que podemos deixar duram uma ETERNIDADE...
...meu trabalho é o de viver os meus prazeres e as minhas dores.
É necessário que eu tenha a modéstia de viver..."

(Clarice Lispector)

sábado, 17 de dezembro de 2011

Cesta basica antienvelhecimento!


As armas contra os radicais livres estão nos alimentos antioxidantes.
Veja a seguir alguns alimentos antioxidantes:

Selênio: castanha do pará, frutos do mar, alguns grãos;
Zinco: laticínios, frutos do mar, alguns cereais integrais, sementes de abóbora e girassol, leguminosas como grão de bico, feijões;
Vitamina E: oleos vegetais como canola, azeite de oliva, margarina enriquecidas, manteiga de gergelim, germen de trigo, semente, gema de ovo;
Vitamina A (betacaroteno, licopeno): cenoura, abobora, tomate, goiaba, melancia;
Ácido ascórbico (vitamina C): laranja, acerola, kiwi, morango;
Ômega 3: linhaça, nos peixes de água fria e nos óleos desses peixes;
Isoflavona: encontrada na proteína da soja;
Bioflavonóides: laranja, limão, casca de uva roxa (rica em reverastrol, nutriente funcional, antioxidante que se liga ao radical e impede que ele ataque a célula), suco da uva roxa, vinho.

“Algumas condutas alimentares podem aumentar o número de radicais como, por exemplo, o uso de xenobióticos que são contaminantes naturais presentes nos alimentos ou inseridos durante a preparação ou ainda substâncias adcionais. Algumas delas são: corantes e conservantes presentes em alimentos ricos em glutamato monossódico, refrigerantes, agrotóxicos e certos metais contaminantes. O excesso de substâncias obriga o organismo a trabalhar bem mais para eliminar isso, nesse processo a produção de radicais aumenta.

Atitudes que parecem inofensivas como aquecer alimentos no micro-ondas em vasilhas de plástico e assar carnes com papel laminado agridem o organismo, pois liberam substâncias que não são conhecidas pelo corpo, os tais xenobióticos, que aumentam a produção de radicais.

Mas não basta correr para a feira e comprar toda a cesta básica antienvelhecimento. Para a nutricionista, é preciso praticar a alimentação preventiva, que é um ajuste alimentar saudável com o objetivo de equilibrar proteínas, vitaminas, carboidratos e lipídios, organizando a dieta e incluindo antioxidantes.“Ninguém vai conseguir consumir todos os antioxidantes num único dia. Eles devem fazer parte de uma rotina.

Ela ainda alerta que certos grupos como o de atletas têm necessidade maior de ter antioxidantes, já que exercícios vigorosos também podem aumentar a produção de radicais livres. “Toda vez que você intensifica a respiração, mais produz moléculas reativas de O2, portanto mais radicais livres”.

Se alguém pensa que deter os radicais é apenas uma questão de beleza, se engana. O envelhecimento celular ataca todo o organismo e está relacionado ao desenvolvimento de câncer, catarata, diabetes, arterioesclerose e problemas renais.


Fonte: http://papointimo.terra.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Nutricionista/ Cabelereira/Consultora Mary Kay!